A Representação do Negro nas Artes – Debate no SESC Vila Mariana

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 20/01/2016
7:00 pm - 9:30 pm

Localização
Sesc Vila Mariana

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


negros-artes

Nesta conversa, convidamos dois artistas negros que atuam em diferentes linguagens para debaterem a representação e o protagonismo negro nas artes: a artista visual Rosana Paulino e o músico Salloma Salomão.

Rosana Paulino é artista plástica e educadora, doutora em artes visuais pela ECA/USP. Na Inglaterra, aprimorou sua técnica em gravuras, no London Print Workshop – LPW. Possui obras nos acervos do MAM/SP, da Pinacoteca Municipal/Centro Cultural São Paulo e da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em São José dos Campos. Paulino hoje é uma das artistas negras de referência no país e sua pesquisa problematiza questões étnico-raciais e de gênero.

Salloma Salomão é doutor em História Social pela PUC São Paulo, pesquisador-educador, letrista, vocalista e flautista. Bolsista da CAPES na Universidade de Lisboa (2004) CNPq e SEPHIS. Pesquisador visitante do Instituto de Ciências Socais da Universidade de Lisboa, pesquisando culturas musicais africanas nos Brasil nos séculos XIX e XX.

Allan da Rosa, que será o mediador da conversa, é historiador, arte-educador e mestre em Cultura e Educação pela Universidade de São Paulo, autor de ensaios, livro de poesias e peças de teatro. Produtor e apresentador do programa de rádio “À Beira da Palavra”, colunista da Revista Forum e colaborador do programa “Entrelinhas”, da TV Cultura, entre 2009 e 2012, apresentando quadros sobre literatura africana e afro-diaspórica. Fundador do selo Edições Toró, publicou vários autores do movimento de literatura periférica paulistana.

Praça de Eventos

Maiores informações no site do SESC: http://www.sescsp.org.br/programacao/81254_A+REPRESENTACAO+DO+NEGRO+NAS+ARTES

 

Comentários

comentários

Junior Rocha

Preto, amante de tecnologia, política, cultura e cerveja. Fundador da Agenda Preta e de outros projetos que ainda não existem.