Black Aipim – 1ª edição

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 09/04/2016 - 10/04/2016
10:00 pm - 4:00 am

Localização
Caverna do Dragão1

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


Quem não conhece suas raízes, não conhece a si mesmo.

Antes da invasão europeia, em toda a extensão territorial que vai da Argentina ao México (lembrando que essas divisões não existiam) e que hoje chamamos de Américas, milhares de pessoas consumiam das mais variadas formas a Manihot esculenta.

Originária da grande Amazônia (lembrando que essa divisão de território não existia), se espalhou por todo o território se tornando uma das principais fontes de subsistência de muitos povos, onde alimentação e espiritualidade sempre estiveram juntas.

Os invasores, dentre muitos problemas, trouxeram o trigo. Mas, interessados no cultivo dessa espécie que não conheciam, acabaram levando para o outro lado do Atlântico, inclusive para a África (onde já tinham invadido e destruído muitas culturas milenares), onde hoje é vital para muitos povos de países diferentes (África é um continente com 54 países. Já haviam divisões antes dos europeus, mas essa é uma outra história!).

 

black aipim


África. Américas.

Música é o alimento da alma, já disse o poeta. E das muitas trocas surgidas ao longo da história da intromissão europeia, a música é uma das poucas que podemos dizer que não foram manchadas com sangue, mas com a liberdade das mentes criativas, nas suas mais variadas necessidades.

Fosse pra relembrar o lar, celebrar ou criticar a ordem vigente, instrumentos e histórias foram se juntando, estilos e técnicas foram se fundindo e sendo aprimoradas, a miscigenação racial e cultural foi se impondo, numa resposta natural à violência do opressor.

A diversidade e a adversidade construíram todo o universo da música popular contemporânea. As raízes rasgaram a terra e brotaram música. Sem jamais esquecer da História, celebremos a união dos povos.

E que os ancestrais abençõem os Dj’s.

Dito isso, vamos aos serviços:

ABERTURA DA CASA: 22H
ENTRADA: R$5 (só dinheiro)
BAR: ACEITA TODOS OS CARTÕES

SELEÇÃO SONORA:
CECILIA YZARRA
FZERO
LAYLAH ARRUDA
KAISER MARIUS

RUA AMÉRICO GALVÃO, 107, CAMPO LIMPO, SP
(200 metros do terminal de ônibus Campo Limpo. Agora com ônibus 24 horas)

Proibida a entrada de menores de 18 anos.

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Comente