Cordão Tereza de Benguela – Homenagem ao Dia da Mulher Negra

Loading Map....

Data / Hora
Date(s) - 22/07/2017
1:00 pm - 8:00 pm

Localização
Coletivo de Oya

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


 

No Brasil, 25 de julho é o dia em que se homenageia Tereza de Benguela, referência fundamental na luta das mulheres negras brasileiras. “Rainha Tereza”, como ficou conhecida em seu tempo, viveu no século XVIII, no Vale do Guaporé, no Mato Grosso. Ela liderou o Quilombo de Quariterê após a morte de seu companheiro, José Piolho, morto por soldados. Segundo documentos da época, o lugar abrigava mais de 100 pessoas, com aproximadamente 79 negros e 30 índios. O quilombo resistiu da década de 1730 até o final do século. Tereza foi morta após ser capturada por soldados em 1770 – alguns dizem que a causa foi suicídio; outros, execução ou doença.
A partir da figura de Tereza de Benguela, e das diversas mulheres negras paulistanas e periféricas, que serão homenageadas na atividade, vamos reverenciar e destacar a luta das mulheres negras no Brasil.

Programação

13:00h Concentração na Praça da 67ª:

-Aula de dança aberta
-Oficina de lambe
-Microfone aberto
-Feira de Afro empreendedoras

15:00h Saída do Cordão Tereza de Benguela

– BatucAfro
– Lelê de Oyá
– Escola de Samba Santa Bárbara
– Grupo Batekere
– Bloco de Xequeres do Coletivo de Oyá.

Quadra em frente a Casa do Coletivo de Oyá – Mulheres Negras da Periferia.

17:00h Homenagem a Mulheres Negras periféricas que são referência em diversas áreas.

17:30h Batalha de Conhecimento Dominação

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Comente