Curso com Célia Reis: Crespos Insurgentes, Estética Revolta

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 16/09/2017
9:00 am - 1:00 pm

Localização
Núcleo Amanar

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


 

CRESPOS INSURGENTES, ESTÉTICA REVOLTA:
MEMÓRIA E CORPOREIDADE NEGRA

Célia Reis
Dra em História Social pela Puc/SP, Pesquisadora do Cecafro-Puc/SP e Participante da Casa das Áfricas-Amanar

Célia Reis irá compartilhar uma pesquisa, de doutoramento, acerca de corpos negros e cabelos crespos, enquanto memória e resistência expressas por movimentos culturais das periferias de São Paulo, nos quais jovens afro-brasileiros manifestam-se através de narrativas literárias e performáticas negras e periféricas, produzindo saraus, músicas, teatro, blogs, revistas, adornos, vestuário, grafite, tatuagens, em especial penteados crespos em relações interculturais, intertextuais e midiáticas expressando sua negritude, na perspectiva de uma “semiologia corpórea”. Trata-se de práticas culturais identitárias atuais em diálogo profícuo com passado, em luta contínua afro-diaspórica pela cultura e (auto) representação nas relações raciais da modernidade. São muitas referências ao cabelo crespo como símbolo de afirmação da identidade negra, expressão da cultura negra, e principalmente de contestação, ao racismo em provocações ou exposições de símbolos como o pente garfo, a cabeleira crespa, as tranças, o Black Power, os Dreads.

Aos Sábados, 9H ÀS 13H

16.09
Cabelo Crespo: no corpo (desconstrói-se a (in) diferença, o estigma

23.09
Cabelo Crespo na Literatura Negra e Periférica

30.09
Memórias Crespas em processos educativos afro-populares

07.10
Manisfestações Crespas: Saraus, Teatro, Cinema, Música, Vestuário, Grafite, Blogs e Facebook.

Inscrições enviar dados pessoais e solicitação:
casadasafricasamanar@gmail.com
R$ 150,00 completo ou R$50,00 avulso
a ser pago no local
VAGAS LIMITADAS

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *