Espetáculo: Banzo

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 25/10/2018
8:00 pm - 9:30 pm

Localização
Oficina Cultural Alfredo VOLPI

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


 

Oficina Cultural Alfredo Volpi e Núcleo de Corporeidades Negras apresentam:

BANZO

Banzo é uma contação de estória performática que através da legitimação, valorização e conscientização da história dos negros no Brasil, propõe diálogos e interações com o público buscando difundir uma arte negra contemporânea, com raízes e práticas afetivas e ancestrais através de fragmentos de imaginários Negros, tendo como ponto de partida o BANZO, nome dado ao sentimento de nostalgia, tristeza, saudades de sua pátria, costumes familiares e principalmente de sua liberdade, que os negros africanos escravizados sentiam ao serem tirados de seu país de origem. A presença performática de dois artistas negrxs em cena, com marcas, elementos e experiências diaspóricas, onde suas histórias/corpos são discursos e memórias de extrema potência, tanto estética quanto social.

O grupo que possui experiência em dança, música, teatro e contação de estórias, a mais de 10 anos, se iniciou em 2015 e assim denominou-se coletivo AGÔ Performances Negras.
Banzo é uma contação de estória performática que através da legitimação, valorização e conscientização da história dos negros no Brasil, propõe diálogos e interações com o público buscando difundir uma arte negra contemporânea, com raízes e práticas afetivas e ancestrais através de fragmentos de imaginários Negros, tendo como ponto de partida o BANZO, nome dado ao sentimento de nostalgia, tristeza, saudades de sua pátria, costumes familiares e principalmente de sua liberdade, que os negros africanos escravizados sentiam ao serem tirados de seu país de origem. A presença performática de dois artistas negrxs em cena, com marcas, elementos e experiências diaspóricas, onde suas histórias/corpos são discursos e memórias de extrema potência, tanto estética quanto social.

O grupo que possui experiência em dança, música, teatro e contação de estórias, a mais de 10 anos, se iniciou em 2015 e assim denominou-se coletivo “AGÔ Performances Negras”.

Banzo
25/10 – Quinta-feira – 20h
Gratuito

Oficina Cultural Alfredo Volpi
Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Comente