Haynna e os Verdes traz protagonismo negro em primeiro clipe gravado em Olhos D’água

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 09/03/2019
6:00 pm - 11:59 pm

Localização
Jovem de Expressão

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


Banda se apresenta na Ceilândia (DF) no dia 9 de março

A estreia da banda Haynna e os Verdes no mundo do audiovisual se dá com o clipe e duas músicas. O grupo escolheu as canções “Pão de Lú” e “Insônia”, que estão no primeiro e homônimo disco lançado em novembro de 2018, para fazer o registro. As duas são uma composição do brasilense Lucas Soledade que a banda conheceu no distrito de Olhos D’Água, que fica em Alexânia (GO), a 100 km de Brasília. Justamente o local onde o novo clipe foi gravado.

A cidade virou um dos destinos mais frequentes dos brasilienses por ser tranquila e ter boas opções de cachoeiras. Além de ir para descansar e aproveitar a cidade, a banda também já passou por lá para se apresentar. Por isso, Olhos D’água foi a locação perfeita com seus casarões coloridos e cidade pacata.

O clipe teve a concepção da vocalista da banda Haynna e contou com a direção da fotógrafa e videomaker Thaís Mallon. O vídeo é estrelado pelos membros da Haynna e Os Verdes e pela dançarina Tauanne Lyz, conhecida no meio da dança como China. A dançarina participa de batalhas de dança e festivais pelo Brasil, performando criações de sua própria autoria onde interpreta seu cotidiano como preta, periférica, lésbica, cabocla e artista autônoma. No clipe ela passeia por Olhos D’Água com performance que explora a dança contemporânea, o jazz, a dança de rua e o hip-hop, tendo a bucólica cidade como cenário.

“já imaginávamos o protagonismo negro para o clipe. Pensamos na China, por tudo o que ela representa pra o movimento negro, por ser mulher, negra, periférica, e por se tratar de um blues. A ideia é reapropriar as narrativas, exaltar a negritude, a ancestralidade. Juntar as linguagens e as estéticas, ser algo inovador. A ideia também foi a música contrastar com a coreografia, de forma não convencional, subverter fórmulas limitantes e ser um elemento surpresa. Explorar as cores, as texturas. O foco do videoclipe é a própria música e a performance. Coreografia casando o blues e o hip-hop, dois gêneros genuinamente negros”, explica Haynna.

“Pão de Lú” é uma introdução para a canção “Insônia”, que influenciada pelo blues transporta em seus elementos a necessidade de renovação. Haynna canta os versos: “Dirigir pensamentos loucos/Permitir viagem ao fim do poço/Mergulhar, vazar água de rosto pra medir/O tamanho do desgosto e despertar/Tudo o que há de bom dentro de ti”, enquanto China expressa sua performance pela cidade.

“Essas canções chegam pra gente como um resgate interior, algo muito profundo, traz uma reflexão que todos precisamos. Como voltamos para a superfície da sanidade depois de curar as feridas, a mágoas, as dores. O mergulho profundo na melancolia e o que fica depois disso. A mensagem principal é essa, a busca pelo melhor de si. Por esse motivo escolhemos ‘Pão de Lú/Insônia’ como músicas de trabalho, para serem também o primeiro clipe da banda, por refletirem todas essas vivências”, conta Haynna.

Aqui também, a banda faz a junção do blues e rock, estilos musicais que nasceram negros com outro movimento que compartilha da mesma origem, o hip-hop, na figura da dançarina China. A comunhão dos estilos é um manifesto de valorização do protagonismo, das estéticas e corporeidades negras.

O grupo também aproveita o lançamento do clipe para fazer um show no Festival Haynna e Os Verdes dentro do projeto “Blues and Rock, on Jazz”, logo após o Dia Internacional da Mulher, no dia 9 de março, a partir das 18h, no Jovem de Expressão – EQNM 18/20, Bloco C, Praça do Cidadão, Ceilândia Norte, com entrada gratuita. No mesmo dia também se apresentarão as bandas Cosmologia Preta e Rebeca Realleza.

Haynna e o Verdes é formada por Haynna (vocal), Daniela Vieira (teclado), Betinho Matuszewski (guitarra), Rian Sodré (baixista) e Jhonata Morais (baterista). Um formato enxuto de uma boa banda de rock.

Pra ouvir o disco homônimo da banda, basta acessar as plataformas de streaming, tais como Spotify, Deezer, Youtube, Apple Music e mais.

Mais sobre Haynna e os Verdes

Formada em 2013 após o encontro de Haynna e Betinho Matuszewski, o grupo Haynna e os Verdes é uma mistura de rock, blues, brega e brasilidades e lançou seu primeiro disco em novembro de 2018.

Redes Sociais

Facebook: https://www.facebook.com/HaynnaeOsVerdes/

Instagram: https://www.instagram.com/haynnaeosverdes/?hl=pt-br

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC2Gz4lOPCjY7vG548hN2eJg

SERVIÇO

Festival Haynna e Os Verdes

“Blues and Rock, on Jazz”

Data: 09/03/2019 (Sábado)

Local: Jovem de Expressão – EQNM 18/20, Bloco C, Praça do Cidadão, Ceilândia Norte, Brasília – DF

Programação (sujeita a alterações):

18h – Palco Aberto

19h – Cosmologia Preta

20h – Haynna e os Verdes

21h – Rebeca Realleza

Apresentação: Kika Sena (Sereia Vulcânica)

Intérprete de Libras: Bárbara Barbosa

Entrada franca

Classificação indicativa livre

Página do evento: https://www.facebook.com/events/1150556441798765/?active_tab=about

*Este projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do DF.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *