Negrxs, política e poder no país da tal democracia racial: O que fazer?

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 05/03/2016
4:00 pm - 10:00 pm

Localização
Apeoesp Itaquera

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


10353519_466126240249854_5882750602236182253_o

O Blog NegroBelchior-CartaCapital vai promover, a partir de Março, uma série de rodas de conversa para refletir e debater a questão da comunidade negra e do poder em nosso país. O poder econômico e político nas mãos dos descendentes dos escravocratas, dos interesses nacionais mesquinhos e internacionais gananciosos, têm condenado a população negra a seguir como alvo do genocídio e da negação da cidadania e dos direitos fundamentais.

Será possível construir um projeto popular, negro e periférico em conjunto com nosso povo e com ele disputar o poder no Brasil?

Será possível organizar o ímpeto revolucionário negro no sentido de elaborar saídas e propor mudanças reais para o Brasil e nosso povo negro e periférico?

Para mudar a política econômica; para mudar a lógica da concentração de renda; para enfrentar a máfia da especulação imobiliária que condena a população negra às ruas; para fazer reforma agraria; para qualificar e democratizar o acesso à educação; para dar fim à policia militar e à logica do encarceramento em massa que dinamiza as políticas de segurança pública, para isso tudo é urgente e necessário refletir, elaborar, trocar ideias, buscar consensos e agir em conjunto. Nós negras, negros e periféricos estamos dispostos à isso?

A ideia é levar essa roda de conversa à cada uma das regiões de SP nos próximos meses. Começaremos pela Zona Leste. A cada roda, teremos diferentes convidados especiais para nos ajudar na reflexão. Neste dia 5 de Março, contaremos com a ilustre presença da jovem Gabriela Vallim, jornalista, empreendedora e uma das criadoras do Festival 15 contra 16; Teremos também a nobre presença do Professor Dennis de Oliveira, importante quadro do movimento negro brasileiro, diretor do Depto de jornalismo da USP e militante do Coletivo Quilombação. A historiadora Cidinha Freitas Sales, diretora do Sindicado dos Professores do Município de SP fará a mediação da Roda.

Ao fim da roda de conversa, vc sabe, não somos de ferro neh! Teremos uma FESTA-SARAU, com cervejinha, refris, sucos e churras (inclusive para quem não come carne), a preços justos. E para animar ainda mais, teremos a boa e engajada música de Clayton Belchior e Tita Reis e do Jongo dos Guaianás.

A serie de rodas de conversa tem nobre apoio dos portais Geledés e Alma Preta, e das organizações políticas Instituto Luiz Gama, Quilombação, Círculo Palmarino, Uneafro e Associação Franciscana.

Bora lá discutir o país a partir do nosso lugar, da nossa cor, da nossa pele, do nosso olhar.

Comentários

comentários

Junior Rocha

Preto, amante de tecnologia, política, cultura e cerveja. Fundador da Agenda Preta e de outros projetos que ainda não existem.