Saúde Mental e Periferia – (Exibição + Debate no CineCampana)

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 25/05/2017
7:30 pm - 10:00 pm

Localização
Casa De Cultura M'boi Mirim

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


 

18 de maio é o dia da luta antimanicomial.
A data marca o nascimento do movimento brasileiro pela reforma psiquiátrica em 1978, que procura mudar a lógica do tratamento e inclusão social das pessoas em sofrimento mental grave. Historicamente, se trancou e abandonou essa população nos chamados hospitais psiquiátricos, que não é diferente do que vemos hoje em dia no tratamento reservado à cracolândia pela prefeitura de São Paulo: na hora de higienizar a cidade, a saúde vira desculpa para tratar moradores de rua com violência e brutalidade.
Além disso, atualmente 5,8% dos brasileiros sofrem com depressão, nos colocando o pior índice da américa latina. Temos também 9,3% das pessoas diagnosticadas com ansiedade, a maior incidência no globo.
Enquanto esse tipo de sofrimento aumenta, sobem também as vendas dos remédios. Em 2016 a venda de antidepressivos e estabilizadores de humor subiram em 18,2% no Brasil, um comércio que no ano girou 3,4 bilhões de reais.
Existe relação entre o sofrimento mental e a sociedade em que vivemos?
Que tipo de cuidado que o capitalismo oferece aqueles que padecem de algum adoecimento psíquico, seja ele greve ou não?
Como viver na quebrada afeta nossa saúde mental e como lidamos com ela?

O CineCampana reúne a quebrada nessa quinta-feira (25.05) as 19h30 naCasa Popular De Cultura de M’boi Mirim para a exibição dos curtas ”Em nome da razão” e ”A casa dos mortos”.

Após a exibição rola roda de conversa com convidadxs.

Não vai perder, né?!?!!!!

VEM!!!!! 😀

___

(Pra chegar na Casa de Cultura, pegue qualquer ônibus que percorra parte da Av. Guarapiranga e da Estrada do M’Boi Mirim, e peça para descer no ponto da praça da pira)

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Comente