Thata Alves lança livreto “Troca” inspirado na ancestralidade feminina

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 26/08/2017
12:00 am - 11:00 pm

Localização
Aparelha Luzia

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


Inspirada pelo cotidiano e pela ancestralidade, a poeta Thata Alves, de 24 anos, lança no próximo sábado (26) às 20h30 o livreto “Troca”, no Aparelha Luzia, com música e performance da autora com textos do livro. A entrada é gratuita.

A obra surge com o intuito de trocar não apenas as poesias, mas olhares sobre questões cotidianas adormecidas ou naturalizadas.  Conforme a autora é uma análise da importância da ancestralidade da mulher para encarar alguns elementos de forma panorâmica.

Livreto “Troca” é a segunda obra da poeta Thata Alves (foto: arquivo pessoal)

O livro tem 50 páginas tem prefácio de Tokinho Carvalho, organização de Rogério Gonzaga e coedição da editora Zinelândia. Conforme conta a autora, traz um olhar sobre o feminino ancestral, com poesias surgem para ela como um estado de espírito. Assim, o livreto é baseado nas experiências adquiridas por Thata Alves a partir das próprias vivências e de estudos sobre a diáspora africana.

“O Troca fará o leitor entender muito de mim. Estou desnuda nestes textos, mas me reconheço e proponho que cada mulher se identifica em um verso que seja. E que os homens também façam isso”, comentou a autora, que não define a obra como feminista, mas com um olhar feminino. “Não são poesias minhas. Elas passam a ser nossas cada vez que alguém se identifica com elas”, contou.

Sobre a poeta Thata Alves
Thata Alves – ou Thayaneddy Alves – é escritora. Autodidata e artista multimídia, transita entre vídeo, performances e poesias. Esta escolha lhe permite ousadias, como ser a precursora do Sarau da Ponte Pra Cá, atuando na organização e produção do encontro mensal, que há quase três anos recebe inúmeros poetas e artistas de diferentes locais para se apresentarem.

Depois de criar o sarau, Thata Alves juntou seus versos, escritos em um caderno, e publicou em 2016, de maneira independente pelo selo Academia Periférica de Letras o primeiro livro autoral de poesia marginal intitulado “Em Reticências”. Prepara agora o segundo título, cujo título provisório é “Ascenção”.

É mãe dos gêmeos Bryan e Brenno, que já dão os primeiros passos na poesia e declamam poesias autorais ao lado da mãe nos saraus que  vão.

Para difundir a palavra escrita, criou objetos poéticos, como pequenos espelhos, em formato de bottons, com trechos de poesias e artes gráficas. Thata também é militante de questões raciais. Inspirou uma coleção de roupas da marca Tendência Urbana e teve o rosto estampado em várias peças da grife. Também estrelou uma peça publicitária de vídeo da Dove, sobre cabelos cacheados.

Thata Alves também é membro do coletivo Sarau das Pretas, onde atua com poesia, música e resgate da ancestralidade há 1 ano. Além disso participa e propõe espaços de discussão realizando trabalhos em parceria com os coletivos Praçarau, Fala Guerreira, Casa de Cultura Candearte, onde realiza a produção cultural e a comunicação da casa e Cantinho de Integração de Todas as Artes (CITA).

Serviço – Mais informações podem ser obtidas pelo site oficial da poeta www.thataalvespoetisa.com 

Comentários

comentários

Comente