Rap em quadrinhos: Cultura Hip Hop x Cultura Pop

O Rap em Quadrinhos é um projeto de Gil Santos e Wagner Loud que se propõe à ilustrar 10 personalidades do Rap Nacional como Super Heróis.

A ideia do projeto é unir duas culturas que hoje parecem distantes, mas que em sua essência tem uma série de semelhanças!
O Hip Hop é uma cultura de rua, uma forma de fazer arte e protestar frente às injustiças raciais e sociais. O Rap é o estilo musical que compõe o Movimento Hip Hop. Esse estilo que ao passo que se reinventa – sem esquecer os que vieram antes – e é capaz de, como nenhum outro, unir a poesia e o ritmo de uma forma jovial e espontânea

Colabore com a Agenda Preta

Uma das principais característica da cultura pop é a de que “ela alimenta produtos voltados para um público essencialmente jovem, exercendo influência sobre ele, principalmente na moda e no estilo”  , segundo o Professor Gelson Santana para o Portal Nova Escola.  Atualmente, toda manifestação cultural pode ser considerada parte da  pop. O pop desconhece a barreira cultural, e isso envolve também o Movimento Hip Hop e suas vertentes.

“A maioria dos artistas que escolhemos são negros e os heróis também. É muito difícil achar heróis negros nos quadrinhos. Até achamos, mas a quantidade é muito inferior, o que é uma pena. Acho que com essa série, a gente consegue mostrar artistas e heróis onde crianças negras conseguem se identificar e se sentir representadas. É de extrema importância que crianças consigam se enxergar no meio da cultura do dia a dia. Sem matar seus sonhos por cor da pele ou origem”, destaca Wagner, o Loud, para o Portal Hypeness.

O projeto já tem 06 ilustrações publicadas. Confira:

1. EMICIDA como Miles Morales:

2. NEGRA LI como Ororo Munroe:

3. SABOTAGE como Watchmen:
4.

4. DRIK BARBOSA como Riri Williams:

5. BLACK ALIEN como Dr Estranho:

6. MANO BROWN como Pantera Negra:

 

Olhos atentos nesses dois talentos: @w.loud e @loadcomics

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *